Para os super-ricos, a saída é pelo aeroporto. De jatinho, claro.

Do Guardian:

Com a crescente desigualdade e agitação social como a de Ferguson e os diversos  Occupy ainda frescas na mente das pessoas, os super-ricos do mundo já estão se preparando para as conseqüências. Em uma sessão lotada em Davos, o ex-diretor de fundos de hedge Robert Johnson revelou que gestores deste tipo de negócio, preocupados com a situação, já estão planejando rotas de fugas:

“Sei que gestores de fundos de hedge em todo o mundo estão comprando pistas de pouso e fazendas em lugares como Nova Zelândia, porque acreditam que precisam de um refúgio”.

Johnson, que dirige o Institute of New Economic Thinking e anteriormente foi diretor-gerente da Soros, disse que as sociedades podem tolerar a desigualdade de renda desde que o piso da renda seja alto o suficiente. Mas no sistema existente, que incentiva os executivos a tomar decisões apenas em termos de rentabilidade, a desigualdade está aumentando mesmo nos países mais ricos .

Johnson acrescentou: “As pessoas precisam saber que existem possibilidades para os seus filhos – que eles vão ter a mesma oportunidade que qualquer outra pessoa”.

O aquecimento global e as mídias sociais estão entre as tendências que os 600 super-espertos funcionários do Fórum Econômico Mundial recomendaram aos seus membros para observar antes que se tornem onipresentes. Este ano, a desigualdade de renda está rapidamente ocupando o alto da agenda de Davos – um sinal claro de que está prestes a explodir na consciência pública.

Leia reportagem completa (em inglês)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s